Trilho de Vale de Lobo

Nome da trilha e descrição

Nível de dificuldade e escala de caminhada

T (Para mais informações dê uma vista de olhos aqui).

Duração

2 horas e 30 minutos

Distância

8,6 km

Pontos de refrescamento

Aldeia de Vale Madeiro

Abrigos

Nehum

O melhor período para caminhadas

Primavera e Outono

CLIMA

verões abrasadores e invernos frios

Como chegar ao ponto de partida

Vale de Lobo aldeia é o ponto de partida

Equipamento e material necessário

Bons sapatos para caminhar, mochila, meias adequadas para calçado, camisa de chuva à prova de água, requisitos de medicação pessoal, protector solar UV, repelente de insectos, saco plástico para o lixo, Água em recipiente seguro, Óculos de sol,  binóculos, câmara. No Verão, a região está muito quente, isto significa que se deve trazer água e usar roupa fresca.

Download file: Valle do Lobo.gpx

Recomendações:

  • Esteja atento e utilize o trilho sinalizado
  • Observar a fauna especialmente através de binóculos
  • Respeitar a natureza
  • Não deitar lixo
  • Respeitar a propriedade privada
  • Não acender fogos
  • Não recolher amostras de plantas ou rochas
  • Seja simpático para os locais

Na praça pública de Vale de Lobo, é possível observar um antigo lagar de azeite comunitário e a Capela de Nossa Senhora do Rosário. Seguindo o trilho para cima, passará a 50 metros da Igreja principal de Vale de Lobo, a qual sugerimos uma visita. Continuar até ao fim da aldeia, tomar a estrada de terra em direcção à colina. Lá, pode apreciar campos de oliveiras e propriedades que ainda hoje são cultivadas e nas quais pode ver gado leiteiro e cabras a pastar. Há cerca de 60 anos, este caminho foi percorrido pela população desta aldeia, que     depois viajou até à cidade de Mirandela.

Pelas festividades em honra de N. Sra. do Amparo, algumas pessoas caminharam pelo caminho descalças, carregando um par de sapatos e um pano na mão. Fizeram-no, para não estragar os seus sapatos porque, nessa altura, a maioria deles tinha apenas um par de sapatos (tamancos de madeira ou chinelos), e havia mesmo aqueles que não tinham nenhum. Quando chegaram à aldeia de Mirandela, mais precisamente em São Sebastião, limparam os pés com o pano, calçaram os sapatos e foram para a festa. Fizeram esta rota semanalmente com burros carregados com lenha que vendiam às padarias da cidade.                     

  • Antigo lagar de azeite comunitário
  • Capela da Nossa Senhora do Rosário
  • Igreja matriz de Vale de Lobo
  • Aldeia do Romeu e Quadraçal
    • Alheiras
    • Enchidos fumados (fumeiro)
    • Azeite
    • Vinhos

O Castelo de Mirandela (Português: Castelo de Montalvão) é um castelo medieval. O castelo urbano está rodeado de residência, especialmente no bairro inferior, situado perto do rio Tua e da ponte e da Rua da Republica. A maioria dos edifícios que rodeiam os restos do antigo castelo têm três andares de altura.

Informações uteis:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *